BELEZA PLENA

images (2)

BELEZA PLENA

Os gregos definiram um padrão de beleza, que vem sendo estudados há anos, mas bem antes já existem registros de que civilizações preocupavam-se com a apresentação pessoal, sempre buscando embelezar as imagens. Na época do Egito, sua população já desenvolvia rituais de beleza, que foi  responsável por disseminar para todas as épocas e culturas. Por volta do século VI A.C, os gregos usaram a matemática e a ciência, sendo os primeiros a buscar formas de representar a imagem personalizada, enfraquecendo a imagem simbólica imposta pelos egípcios.

A beleza plena é um estado de plenitude, tanto físico, mental e emocional. Proporcionando autoestima e trazendo a beleza de dentro para fora.

Esse padrão não foi construído aleatoriamente, eles estudavam as proporções, e observaram que tanto na face, como no corpo, partes diferentes do corpo tem o mesmo tamanho, que em algumas pessoas tinham pequenas diferenças em algumas das partes. E com isso desequilibrando a imagem, que pode ser arrumada com técnicas de harmonização, utilizando roupas, maquiagens e adornos para poderem ajustar suas imagens com a do ideal de beleza, e assim trazer a todos a harmonização, sem perder suas características genéticas e particularidades. A forma de atingir a imagem adequada foi fundamentada cientificamente,  definindo o padrão de beleza plena.

Com a habilidade de desenvolver esculturas para demonstrar a figura humana, os gregos acabaram definindo um padrão de beleza: retratos de pessoas musculosas, rostos belos com as proporções simétricas, foi o alvo das novas culturas. Nem todos nascem com as proporções exatas, mas com o conhecimento de harmonização, todos podem ajustar-se com ajuda de ações que favorece os pontos fracos para melhorarem; exercícios físicos, estilo de vida saudável, vestimentas e etc.Tudo isso ajuda a fortalecer essa imagem.

Ao longo do tempo os estudos foram aprofundados, foram abrindo várias novas técnicas e formas de buscar informações, extraindo do interno; como personalidade, estilo, cultura, preferências, e sendo muito validos, por  trabalhar a pessoa individualmente. Esse conceito tem uma associação de conhecimentos, todos com fundamentos científicos: a linguagem visual, a psicologia, a ciência cognitiva e a antropologia.

O visagista tem todo esse conhecimento, construindo uma imagem que busca esse equilíbrio estético, remetendo significados subliminares, para reafirmar alguma intenção, valorizando pontos fracos e intensificando pontos fortes, e levando essa imagem para o contexto destinado.

A beleza vem de dentro, ela é um reflexo da vida bem equilibrada, certas ações só dependem da própria pessoa, que fará sempre o melhor pra si mesma; ter uma boa alimentação, fazer exercícios físicos, cuidar da saúde mental, tudo isso são práticas que mesmo tendo pessoas para oferecer informações, a ação só vai depender da dedicação da pessoa. Quando a pessoa esta preparada, tanto psicologicamente, quanto fisicamente, ajudará a pessoa  receber o que a área da beleza tem pra oferecer de melhor.

O visagismo vem sendo um novo conceito, pois quando se cria uma imagem com vários estilos, o profissional tem que ter o total conhecimento da vida da sua cliente, para poder conferir a imagem que ela tem de si, junto com seus ideais. Essa imagem tem que ser paralela com a imagem criada, a qual representará sua pessoa no seu dia a dia, e facilitando a cliente arrumar-se, fortalecendo sua imagem externa com a interna.

Beleza plena define-se em uma beleza de dento pra fora, onde o organismo tem que estar bem saudável, tanto físico, emocional e mental, todos esses atributos estão relacionados ao favorecimento da beleza.

Maria Eduarda Campagna e Rodrigo Banqueri

FONTE: www.redevisagismo.com.br

Rodrigo Banqueri

Visagista/Hair Stylist. Graduado pela Anhembi Morumbi-Visagismo e Terapia Capilar - Pós Graduado pela Oswaldo Cruz-Tricologia Cosmética - SENAC-Hair Stylist .

Leave a Reply